TRE veta símbolos do PT na campanha de Marília Arraes

Marilia-Arraes
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) proibiu Marília Arraes (Solidariedade) de usar símbolos e a sigla do PT na sua campanha ao governo do Estado, após ação movida pela Frente Popular, aliança comandada pelo PSB, que tem como aliados PT, PCdoB, MDB, Republicanos, PDT, PP, PV e PROS.

A deputada federal deixou o PT após ter o nome rejeitado para a disputa estadual e lidera as pesquisas. Segundo a ação da Frente Popular, encabeçada por Danilo Cabral (PSB), a campanha de Marília estaria distribuindo camisas vermelhas com a estrela do PT. “A utilização de vestimenta que ostenta sigla partidária que não compõe a coligação da candidata transmite mensagem falsa”, apontou a ação.

A coligação de Cabral apresentou imagens de cabos eleitorais de Marília e Maria Arraes, irmã da candidata que disputa uma vaga na Câmara dos Deputados, usando camisas vermelhas, com uma estrela e a inscrição “juventude” dentro dela.

Na decisão, o desembargador eleitoral auxiliar Rogério Fialho Moreira considerou que a utilização de peças “de partido e coligação diversa” confunde o eleitorado e provoca “desequilíbrio na corrida eleitoral”.

“A decisão será cumprida, mas a campanha não tem nenhuma responsabilidade se a militância do PT quer votar em Marília”, disse Jarbas Agra, advogado de Marília Arraes.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000