Testagem em massa para Covid-19 em Pernambuco já identificou quase 5% de casos positivos

test
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Estado realizou até 30 de setembro cerca de 90 mil exames, segundo a SES-PE

Os primeiros resultados do programa TestaPE, programa lançado em agosto pelo Governo do Estado para testar para a Covid-19 10% da população pernambucana até fevereiro de 2022, indicam que foram identificados quase 5% de casos positivos até aqui.

De acordo com levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) obtido pela Folha de Pernambuco, o Estado realizou até 30 de setembro cerca de 90 mil exames.

Desse total, 4.243 tiveram resultado positivo para o vírus, o equivalente a 4,71%. “Até o momento, nenhuma das amostras colhidas foi positiva para a variante Delta”, informou a SES-PE.

A primeira meta do TestaPE, estabelecida para o fim de setembro, era de testar 1,5% da população pernambucana. O percentual, portanto, não foi alcançado, já que o total de testes feitos corresponde a 0,92% dos residentes em Pernambuco.

No Recife, segundo a Secretaria de Saúde do município (Sesau), foram aplicados 9.514 testes, dos quais 268 foram reagentes, o que representa uma positividade de 2,8% do total de examinados.

Reforço da estratégia
Na semana passada, o Governo de Pernambuco anunciou um reforço para o programa, com a inauguração de um novo posto de testagem na área de desembarque do Aeroporto do Recife.

O Estado também irá colocar em operação três vans para fazer os testes rápidos de forma itinerante.

O Terminal Integrado de Passageiros (TIP), no Curado, Zona Oeste do Recife, já conta com posto do TestaPE funcionando todos os dias da semana.

Ainda é possível fazer o teste rápido de antígeno nos centros de testagem mantidos pelo Governo do Estado no Centro de Convenções, em Olinda, no Geraldão e no Cefospe, no Recife.

Eixos
O TestaPE tem como estratégia atuar em todos os municípios do Estado, que, após receberam os exames do governo estadual, organizam sua logística para atuar em três eixos: na porta de entrada da rede de saúde (unidades básicas de saúde, policlínicas e as Unidades de Pronto Atendimento); nos locais com grande circulação de pessoas, como os terminais integrados de ônibus e estações de metrô; e nos serviços do setor público e privado, através de parcerias com instituições do terceiro setor.

Metas
Até o fim de fevereiro de 2022, o TestaPE pretende testar 10% da população pernambucana, de forma a reforçar a vigilância epidemiológica de casos ativos da Covid-19. O Governo do Estado investiu R$ 7,6 milhões na compra de 1.090.713 testes de antígeno.

Para alcançar a meta de 10% até 28 de fevereiro de 2022, o Governo do Estado estabeleceu etapas:

– até 30 de setembro de 2021, a meta é de 1,5% da população testada;
– até 31 de outubro de 2021, a meta é de 3% da população testada;
– até 30 de novembro de 2021, a meta é de 4,5% da população testada;
– até 31 de dezembro de 2021, a meta é de 6% da população testada;
– até 31 de janeiro de 2022, a meta é de 8% da população testada;
– até 28 de fevereiro de 2022, a meta é de 10% da população testada.

De acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2020, Pernambuco tem 9.674.793 habitantes – portanto, os 10% previstos pelo programa correspondem a cerca de 967.479 pessoas.

TELEFONES

(87) 3873 1857

   (87) 9 9642-7899

[email protected]

BR 316, KM 21,7 – S/N, Vila Conceição — Araripina – PE