SDS devolve mais 200 celulares recuperados com o Alerta Celular.

FOTO SDS
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Iniciativa da SDS em parceria com as polícias Civil e Militar cadastra aparelhos que podem ser devolvidos aos donos em caso de roubo ou furto

Publicado em 20/02/2020, às 14h14 por Jc Online

 

 

A devolução dos aparelhos só foi possível por conta do cadastro no programa Alerta Celular
Foto: Divulgação/SDS

A Secretaria de Defesa Social devolveu aos seus respectivos proprietários, na manhã desta quinta-feira (20), 200 aparelhos celulares que haviam sido roubados e foram recuperados em operações da polícia. A devolução só foi possível porque os aparelhos estavam cadastrados no programa Alerta Celular, criado em maio de 2017.

O número de aparelhos devolvidos neste mutirão, realizado na sede operacional da Policia Civil, localizada na Rua da Aurora, podia ser maior. De acordo com o órgão, 400 aparelhos ainda estão nas delegacias do Grande Recife sem identificação ou localização dos proprietários.

Segundo o secretário executivo de Defesa Social, Humberto Freire, a ação que recupera os celulares cadastrado na plataforma tem reflexo, inclusive, na diminuição dos crimes de roubo e furto desses aparelhos. Também de acordo com Freire, no primeiro ano de projeto foram devolvidos cerca de cinco mil aparelhos, no segundo ano, em 2018, mais de cinco mil e, em 2019, mais de 11 mil celulares foram devolvidos graças aos registros no Alerta Celular.

“Ao passo que a devolução aumentou, o número de subtrações – roubo ou furto – dos aparelhos caiu drasticamente. Temos uma redução, praticamente, de cinco mil casos a cada ano de projeto que passa. Tivemos 35 mil (roubos ou furtos de celular) no primeiro ano (do projeto Alerta Celular), depois 30 mil e para este ano estamos fazendo uma projeção de 26 ou 25 mil. Sabemos que esse projeto está dando resultado e chamamos a população para fazer esse cadastramento, podendo, inclusive, cadastrar aparelhos que já tenham sido roubados. Se a pessoa tem o número do IMEI, a nota fiscal, faz o Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil e faz o registro na plataforma do alerta celular, no site da SDS”, afirmou.

 

Alerta Celular no Carnaval 2020

A Secretaria de Defesa Social informou que vai instalar stands do programa durante o Carnaval. A finalidade é divulgar a ação e também fazer o registro de aparelhos na hora. “Nesses stands a população tem a oportunidade de, com o auxílio de servidores nossos e dos parceiros, fazer o registro do seu aparelho”, disse Humberto Freire.

Como fazer o cadastro do aparelho no Alerta Celular?

Para ter o seu aparelho “no radar” das forças de segurança de Pernambuco, é necessário cadastrar os dados no sistema da SDS. Primeiro é preciso acessar o portal do Alerta Celular e clicar em “Cadastrar”. Nesta primeira etapa, o usuário fornecerá informações como nome completo, e-mail, RG e CPF.

Ao fazer o cadastro, o usuário receberá um link no e-mail cadastrado para criar uma senha. Depois de criar a senha, é a hora de informar os dados do telefone. É fundamental informar corretamente o número do IMEI do aparelho. É possível descobrir essa numeração digitando *#06# no seu celular.

Em caso de roubo, furto ou perda do aparelho, o proprietário deve acessar sua conta para resgatar os dados do celular e informar no Boletim de Ocorrência, sempre informando os 15 dígitos do IMEI. Caso já tenha registrado uma ocorrência na delegacia sem informar IMEI, é importante retornar com a cópia do B.O para um novo registro, agora informando o número de série (IMEI).

Se a subtração do aparelho ocorrer em uma festa ou show, a recomendação da SDS é acessar a conta do Alerta Celular imediatamente do aparelho de outra pessoa e alertá-lo. Além disso, é necessário registrar um Boletim de Ocorrência em 48h.

 

TELEFONES

(87) 3873 1857

(87) 3873 1366

[email protected]

BR 316, KM 21,7 – S/N, Vila Conceição — Araripina – PE