Rússia sofre embargo petroleiro e ucranianos fogem de cidades bombardeadas

1_000_324p876-20662277
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Os Estados Unidos decidiram nesta terça-feira (8) suspender as importações de petróleo russo, em novas sanções contra aquele país pela invasão à Ucrânia, onde milhares de pessoas tentavam deixar as cidades bombardeadas.

Os civis começaram a ser retirados a conta-gotas hoje da cidade ucraniana de Sumy, fronteira com a Rússia, em uma nova tentativa de instaurar corredores humanitários para que as pessoas cercadas pelos bombardeios possam ficar em segurança.

Dezenas de ônibus saíram de Sumy com destino a Lokhvytsia, 150 km ao sudoeste, informou o governador interino, Dmitry Lunin. Horas depois, o ministério ucraniano da Defesa acusou a Rússia de não respeitar o corredor humanitário em Mariupol, uma cidade portuária estratégica do sul do país: “O inimigo executou um ataque exatamente na direção do corredor humanitário”, denunciou o ministério.

A Rússia havia anunciado um cessar-fogo para permitir a saída dos civis das grandes cidades ucranianas. Mas boa parte das vias de evacuação propostas por Moscou passam pela Rússia e sua aliada Belarus, o que é inaceitável para Kiev. O Exército russo anunciou uma nova trégua humanitária a partir das 9h locais desta quarta-feira.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000