Raquel Lyra é eleita governadora de Pernambuco e será a primeira mulher a comandar o Estado Raquel venceu Marília Arraes nas urnas, neste domingo (30

whatsapp-image-2022-10-30-at-185026
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Pernambuco acaba de eleger sua primeira governadora para os próximos quatro anos (2023-2026). A ex-prefeita de Caruaru Raquel Lyra (PSDB), da Coligação Pernambuco Quer Mudar, levou a melhor nas urnas, neste domingo (30). Ela assumirá o Executivo Estadual no dia 1º de janeiro do próximo ano, ao lado da vice, Priscila Krause (Cidadania).

No primeiro turno, quando seu marido Fernando Lucena morreu vítima de infarto no dia da eleição, Raquel Lyra ficou em segundo lugar na disputa. Teve 1.009.556 votos, o equivalente a 20,58% dos votos válidos. Marília Arraes (Solidariedade) ficou em primeiro lugar, com 1.175.651 votos, o equivalente a 23,97% da preferência do eleitorado pernambucano.

Raquel tem 43 anos, é filha do ex-governador pernambucano João Lyra Neto e sobrinha do ex-ministro da Justiça Fernando Lyra. Iniciou sua carreira política no PSB e ficou filiada durante nove anos. Em 2016, deixou o partido para concorrer à Prefeitura de Caruaru. Teve. 93.803 votos, que correspondeu a 53,15% dos votos válidos, e foi a primeira mulher a gerir Caruaru, sendo reeleita em 2020. Renunciou ao cargo no início deste ano para disputar o Executivo estadual

A governadora eleita participou do governo de Eduardo Campos,  como chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do governo, entre 2007 e 2010. quando exerceu o cargo de secretária de Infância e Juventude do estado, Foi eleita deputada estadual em 2010, mas licenciou-se do cargo para assumir a Secretaria da Criança e da Juventude no segundo mandato de Eduardo Campos. Em 2014, acabou sendo reeleita deputada estadual.

Raquel Lyra é advogada formada pela UFPE. Já foi advogada do Banco do Nordeste e, em 2002, assumiu o cargo de delegada da Polícia Federal, onde permaneceu até 2005, quandorenunciou ao cargo após passar no concurso para a Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Durante a gestão de Eduardo Campos, foi chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do governo, entre 2007 e 2010. Foi eleita deputada estadual em 2010, mas licenciou-se do cargo para assumir a Secretaria da Criança e da Juventude no segundo mandato de Eduardo Campos. Em 2014, foi reeleita deputada estadual. Em 2016, foi eleita em primeiro turno a primeira mulher prefeita de Caruaru, sendo reeleita em 2020.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000