Ramos, Mourão, Braga Netto e Heleno recebem salário de mais de R$ 100 mil

20210726171426550395i
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter
Os generais da reserva do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que ocupam cargos no primeiro escalão do Planalto, chegam a receber, por mês, um salário líquido de mais de R$ 100 mil. É o que aponta o colunista Guilherme Amado.
O maior vencimento dos generais é o do ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, que recebeu, em juNho, R$ 111 mil.
Em seguida, estão o vice-presidente Hamilton Mourão, que ganhou R$ 108 mil, e Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, que recebeu R$ 107 mil.
O ministro da Casa Civil, Braga Netto, recebeu, em junho, uma quantia de R$ 106 mil.
  1. Luiz Eduardo Ramos, ministro da Casa Civil: R$ 111,2 mil
  2. Hamilton Mourão, vice-presidente da República: R$ 108,7 mil
  3. Augusto Heleno, ministro do GSI: R$ 107,2 mil
  4. Braga Netto, ministro da Defesa: R$ 100,6 mil
De acordo com o colunista, os valores foram altos porque esses generais receberam extra parcela do 13º salário e pagamentos retroativos desde abril, quando o governo liberou remuneração acima do teto salarial, hoje de R$ 39,2 mil.
Todos os generais ganham mais que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que recebe cerca de  R$ 32 mil.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000