Professores fazem manifestações contra aberturas das escolas

MANIFESTA
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Professores da rede pública estadual de São Paulo, acompanhados de servidores da saúde, fizeram carreata no bairro do Morumbi, em São Paulo, nesta quarta-feira (29). O grupo é contra a volta das aulas presenciais durante a pandemia do novo coronavírus, prevista para 8 de setembro.

Segundo o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOSP), 260 carros participaram da manifestação, que seguiu até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo, mas foram impedidos de se aproximarem pela Polícia Militar. Eles também pediram uma solução para a precária situação dos professores eventuais, contratados para os casos de substituição na rede pública. Eles estão sem salários desde o início da pandemia, há cinco meses.

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que “o protesto é político” e que essa condição é um efeito da pandemia e não a vontade do governo: “Não está trabalhando não é porque nós não desejamos, é porque as circunstâncias de uma pandemia não permitem. São ônus de uma pandemia que afeta todo o setor produtivo do país”, afirmou Doria.

Fonte: Sbt/jornalismo

TELEFONE

(87) 3874-3620

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000