Prefeito do Cedro pretende pagar Auxílio Emergencial para contratados do governo municipal que estão sem trabalhar

unnamed (5)
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Contratados da Prefeitura do Cedro-PE que estão parados devido à pandemia do novo coronavírus poderão receber uma ajuda do governo municipal, no valor de R$ 600, semelhante ao Auxílio Emergencial pago pela União. Nessa terça-feira, 21, o prefeito Antonio Leite anunciou que enviou um projeto de lei à Câmara de Vereadores visando criar um Auxílio Emergencial no âmbito do município.

“Estou mandando para a Câmara de Vereadores, e ainda deve ser votado essa semana, um projeto de lei que vai trazer um auxílio a todos os contratados da prefeitura que estão sem trabalhar e vão ficar com os seus salários suspensos. Esse projeto de lei vai garantir um auxílio de R$ 600”, informou.

O prefeito destacou que os contratados da prefeitura não são beneficiados pelo Auxílio Emergencial do Governo Federal, por isso, decidiu pagar com recursos próprios esse subsídio. “Para que eles possam manter o sustento de suas famílias, nesse momento que estão suspensas as atividades”, concluiu

TELEFONES

(87) 3873 1857

(87) 3873 1366

[email protected]

BR 316, KM 21,7 – S/N, Vila Conceição — Araripina – PE