Pernambuco terá mais 59 unidades de escolas em tempo integral em 2023 Com as novas unidade, estado passará a ter 637 escolas funcionando em jornada ampliada

arthur_1
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Pernambuco terá mais 59 unidades de escolas em tempo integral em 2023. Com as novas unidades escolares, educação estadual passará a ter 637escolas funcionando em jornada ampliada.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, atualmente, cada município pernambucano tem pelo menos uma escola de tempo integral, além do Arquipélago de Fernando de Noronha.

“Isso é a consolidação de um modelo que vem dando certo, que é referência no Brasil e que tem ajudado nossos alunos a fazerem, junto com os professores e gestores, a melhor educação pública de Pernambuco”, disse o governador Paulo Camara.

De acordo com o secretário de Educação e Esportes, Marcelo Barros, a ampliação do Ensino Médio Integral é importante pois busca ofertar um educação de qualidade social, que irá influenciar a vida de muitos jovens estudantes:

“Em 2021, anunciamos a universalização do Ensino Médio Integral e agora ampliamos ainda mais as oportunidades. A robustez dessa rede contribuirá com a oferta de uma educação de qualidade social, impactando positivamente a vida de inúmeros jovens pernambucanos”, destacou.

O anúncio de ampliação das escola de tempo integral foi feito em evento em Caruaru, pelo governador Paulo Câmara, nesta quinta-feira (10). Na ocasião, o governador também anunciou a segunda edição do Investe Escola. 

Por meio do programa Investe Escola, o Estado garantirá orçamento de R$ 260 milhões para manutenção e melhoria das infraestruturas física e pedagógica das unidades escolares beneficiárias. Cerca de 1.015 escolas deverão ser atendidas, com valores que vão de R$ 46 mil a R$ 460 mil. A quantia será determinada pelo tamanho da unidade de ensino e pela quantidade de estudantes. Os valores deverão ser enviados aos gestores até o início do mês de dezembro.

No evento também foram entregues as premiações do Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (Idepe) e do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A premiassão foi destinada às escolas que apresentaram os maiores crescimentos e melhores resultados em cada etapa de ensino (Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio) do Ideb e os melhores resultados do Idepe, e às Gerências Regionais de Educação (GREs) que apresentaram os maiores crescimentos e melhores resultados no Ensino Médio do Ideb e os melhores desempenhos do Idepe.

Confira as escolas e gerências premiadas:
Escola Técnica Estadual Edson Mororó Moura; Escola de Referência em Ensino Médio Creusa de Freitas Cavalcanti; Escola Tobias Barreto, Escola Nossa Senhora do Carmo – Olinda; Escola Professora Azinete Ramos Carneiro; Escola de Referência em Ensino Médio Arquipélago de Fernando de Noronha; Escola Técnica Estadual Cícero Dias; Escola Tomé Francisco da Silva; Escola Professor Sebastião Ferreira Rabelo Sobrinho; Escola Maxima Vieira de Melo; Escola Técnica Estadual Professora Célia Siqueira; Escola Inocêncio Correia Lima; Escola Estadual Doutor Benjamin Caraciolo; Escola de Referência em Ensino Fundamental e Médio Monsenhor José Kehrle; Escola Júlia Gomes de Araújo e Escola Professora Rita Maria Da Conceição, Escola de Referência em Ensino Médio Cônego Fernando Passo.

Gerências regionais Sertão Central (Salgueiro), Sertão do Alto Pajeú (Afogados da Ingazeira), Sertão do Moxotó-Ipanema (Arcoverde); Vale do Capibaribe (Limoeiro); Agreste Meridional (Garanhuns); Mata Centro (Vitória de Santo Antão) e Mata Sul (Palmares); Metropolitana Norte e Recife Sul; e Deputado Antônio Novaes (Floresta).

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000