Paulo Câmara anunciará seu candidato com um olho em Pernambuco e outro em Lula

lula-paulocamara-3-696x445
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

O governador Paulo Câmara (PSB) prometeu que anunciaria o candidato a sua sucessão até o final de janeiro. Mas é uma decisão que carece de uma avaliação mais detalhista. O governador vai decidir de olho no ex-presidente Lula, que pretende anunciar a pré-candidatura em fevereiro ou março.

Lula projetou ser candidato pelo PT com o aval de vários partidos da esquerda, e o PSB – que quer indicar o vice – é aliado histórico. A legenda espera que o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alkmin, que deixou o PSDB, se filie e vire o vice ideal.

Com essa costura, o PSB de Pernambuco espera reciprocidade e que o PT no Estado esteja na chapa, mas não na cabeça. Toda movimentação do senador Humberto Costa de se colocar como o nome do PT é encarada como o desejo de alguém que quer o Senado, não a cabeça de chapa.

O presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, já andou cobrando a tal reciprocidade: “Em primeiro lugar, nós não vamos fazer federação com ninguém, principalmente com o PT, antes de ter um acordo geral sobre os apoios que nós precisamos do PT. Em segundo lugar, a rigor, nós não precisamos de federação alguma para disputar as eleições”, declarou.

O fato é que o palácio trabalha com um cenário de tranquilidade, contando com o PT na chapa. Caso o compromisso desande, a estratégia precisará ser revista. E o nome, certamente, pode não ser o mesmo que está na cabeça do governador.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000