Ministro da saúde irá mostrar ao presidente um estudo matemático, que levou o Reino Unido, adotar isolamento de toda população

BB11Hekh
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, não deve aceitar a orientação do presidente Jair Bolsonaro para que se mantenha o isolamento apenas de idosos e pessoas com doenças pré-existentes durante a pandemia do novo coronavírus. A informação é do Blog BR Político, do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a jornalista Vera Magalhães, Mandetta teria sinalizado a aliados que irá mostrar ao presidente um estudo com modelo matemático, que fez com que o Reino Unido, que vinha adotando o isolamento vertical, decidisse isolar todas as pessoas para conter a disseminação do vírus por lá.

Ainda segundo informa o BR Político, interlocutores sinalizam que, se Bolsonaro não rever a orientação, o ministro da Saúde pode até mesmo deixar a pasta.

Na noite de ontem, Bolsonaro fez um pronunciamento minimizando mais uma vez a pandemia de coronavírus. Ele criticou o confinamento e defendeu a abertura de comércios e escolas, pedindo para o Brasil “voltar à normalidade”.

O presidente também sugeriu a adoção do que chamou de “isolamento vertical”, ou seja, somente para idosos e portadores de comorbidades.

A fala de Bolsonaro gerou revolta de parlamentaresgovernadores e diversas entidades médicas.

TELEFONES

(87) 3873 1857

(87) 3873 1366

[email protected]

BR 316, KM 21,7 – S/N, Vila Conceição — Araripina – PE