Japão lembra dificuldades na pandemia na abertura oficial Cerimônia não teve a presença de público e contou com a participação reduzida das delegações

000-9fq744
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Os Jogos Olímpicios de Tóquio começaram oficialmente nesta sexta-feira. Sem a presença de público e com participação reduzida das delegações, a cerimônia de abertura relembrou as dificuldades vividas pelos atletas para treinar durante a pandemia da covid-19 e também fez um tributo para as vitimas do novo coronavírus.

O evento teve um tom intimista e apostou na aliança entre tecnologia e elementos culturais japoneses para contar a história que levou até o início da competição.

Diferentemente de outras edições, o desfile das delegações em Tóquio seguiu o alfabeto japonês, em que as voagais vem antes das consoantes.

O Brasil levou, de atletas, apenas os porta-bandeiras Ketleyn Quadros e Bruninho. A dupla desfilou de chinelo e arriscou até uma sambadinha em alguns momentos da passagem pelo estádio olímpico.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000