Homem da Meia-Noite exalta o Sertão e traz mensagem de preservação

homem-meia-noite
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Por G1 PE

O Homem da Meia-Noite trouxe a bandeira da conscientização ambiental para o desfile desse ano, com um arco-íris escrito ‘lute como uma praia do Nordeste’ nas costas e a roupa exaltando o Sertão, com referências à Asa Branca, eternizada por Luiz Gonzaga, e ao filme Bacurau. Uma multidão acompanhou a saída do Caluga do Largo de Bonsucesso, que aconteceu à meia-noite do sábado (22) para o domingo (23).

“Mais uma vez, a gente vem exaltando a vida. Nos últimos anos, o Homem da Meia-Noite vem falando disso e da resistência do nosso povo, principalmente o nosso povo sertanejo. Ele vem mais uma vez falando a cara do nosso povo, o que nós precisamos para sermos felizes”, disse presidente do Homem da Meia-Noite, Luiz Adolpho.

O Calunga veio vestido com uma cartola branca e um paletó branco, bordado com mandacarus verdes. Nas costas, era possível também ver referência à seca que atinge o Sertão e remetendo ao tema deste ano, “Chover”, que buscou conscientizar às pessoas sobre a importância da água.

Por muitos anos, o carregador oficial do gigante mais amado de Olinda era Pedro Garrido, que passou a missão para Carlos Fernandes. “Eu vim me preparando nos fins de semana para poder. Estou pronto”, disse antes do desfile.

O Calunga homenageou, neste ano, a banda Cordel do Fogo Encantado, o compositor Rogério Rangel e o Maestro Oséas, que rege há anos a orquestra que anima o desfile do gigante. A banda fez uma homenagem ao gigante mais amado de Olinda, cantando antes da meia-noite.

A concentração contou com a animação do grupo de percussão Paranambuca, que trazia na roupa a imagem do calunga gigante.

“Esse ano, estamos homenageando o Homem da Meia-Noite. A gente tem uma relação muito bacana com ele e estamos estampando ele nas nossas roupas. Para mim, particularmente, a gente ama o que faz e transmite isso para o público”, disse Ana Cardoso, diretora da agremiação.

Depois de se apresentar no Galo da Madrugada, o cantor pernambucano Romero Ferro enfrentou o cansaço para ver o desfile do calunga. “Eu não conhecia o Homem da Meia-Noite. Estou super feliz de poder participar dessa cerimônia”, contou o cantor.

TELEFONES

(87) 3873 1857

(87) 3873 1366

[email protected]

BR 316, KM 21,7 – S/N, Vila Conceição — Araripina – PE