Flamengo sofre no fim, vence o Corinthians nos pênaltis e se sagra tetra da Copa do Brasil

D3171E77-15F2-4EFA-80F1-523A16C62D9A
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

O Flamengo se tornou tetracampeão da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, 20, no estádio do Maracanã, o time comandado por Dorival Júnior fez um ótimo primeiro tempo e abriu o placar com Pedro. Na segunda etapa, no fim, o Corinthians empatou. Nas cobranças de pênalti, Mateus Vital isolou nas alternadas e Rodinei fez o tento do título.

O primeiro tempo foi amplamente dominado pelo Flamengo, que logo nos primeiros minutos tomou as rédeas das partida e conseguiu abrir o placar com Pedro. Em ótima triangulação com Arrascaeta e Everton Ribeiro, o camisa 21 recebeu cara a cara com Fábio e bateu por baixo do goleiro.

Pouco tempo depois, Arrascaeta teve ótima oportunidade de ampliar, mas parou em Cássio. Pedro quase fez seu segundo, mas em cabeçada tirou tinta de trave. Aos 32′, Arrascaeta pegou o rebote de um chute na trave de Gabigol e balançou as redes, mas o atacante estava impedido. O lance foi milimetricamente marcado pelo VAR.

O Corinthians entrou em campo com uma linha de cinco defensores, buscando ter mais controle no campo defensivo, mas sentiu o jogo. Aos poucos, os jogadores foram se encontrando e o Timão levou perigo na reta final, principalmente em chutes de fora, como de Fausto Vera.

Na volta do intervalo, o Alvinegro voltou mais disposto a conseguir o empate. Aos cinco minutos, após cruzamento, David Luiz cortou parcialmente, a bola sobrou para Yuri Alberto, que encheu o pé e mandou rente ao travessão. A resposta dos cariocas foi com Arrascaeta, após Gabigol dar um bolão e deixar o uruguaio cara a cara com Cássio, obrigando o camisa 12 a fazer uma grande defesa.

Mais tarde, Róger Guedes quase dentro do gol recebeu cruzamento de Adson, ele se atirou na bola, ela subiu a passou por cima do travessão, perdendo uma chance inacreditável. Aos 16′, Everton Ribeiro chegou na área e bateu para defesa de Cássio. No rebote, Gabigol acertou a trave e a bola voltou para Everton Ribeiro, que mandou para as redes, mas em posição irregular.

O duelo ficou ”la e cá”, com ambas as equipes tendo oportunidades do meio para o fim do confronto. Roger Guedes e Balbuena levaram perigo e obrigaram Santos a fazer boas defesas.

Aos 37′, Mateus Vital cruzou na área, Fábio Santos deu um toquinho de calcanhar, após bate e rebate, a bola ficou com Giuliano, que empurrou para as redes e empatou o confronto. Após o tento, o Flamengo se lançou ao campo de ataque para voltar ao controle do placar, mas sem sucesso. A decisão foi para os pênaltis.

Penalidades

Nas cobranças, Fábio Santos foi o primeiro do Corinthians e bateu sem chances para Santos. Fílipe Luis perdeu a penalidade para o Fla, com grande defesa de Cássio. O segundo do Timão foi convertido por Giuliano. David Luiz no lado rubro-negro também não desperdiçou.

Renato Augusto chamou a responsabilidade no terceiro e não deu decepcionou. Confiante e sem chances para Cássio, Léo Pereira bateu firme. Fágner foi para a quarta cobrança, mas errou o alvo, finalizando no travessão. Com categoria, Éverton Ribeiro deixou tudo igual. Yuri Alberto, Gabigol e Cebolinha converteram. Mateus Vital, nas alternadas, isolou. Rodinei fez o gol na última penalidade e deu o título para o Flamengo.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000