Estudante pernambucano representa o Brasil na Olimpíada Mundial de Profissões Técnicas Pedro Lucas Cavalcanti, de 19 anos, conquistou a seletiva nacional de Redes de Cabeamento Estruturado

pedro-lucas-foto-leo-motta-sistema-fiepe-2
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Pernambuco já tem representante confirmado na 46ª edição do WorldSkills, maior competição de educação profissional do mundo, o estudante Pedro Lucas Cavalcanti, de 19 anos, aluno do curso técnico em Eletrotécnica do Senai Areias, na Zona Oeste do Recife.

Pedro venceu a seletiva nacional da modalidade de Redes de Cabeamento Estruturado (#02), disputada na última semana, no Recife. Com a conquista, ele representará o Brasil na competição, que será disputada em Xangai, na China, em outubro.

A seletiva nacional da modalidade foi disputada entre os dias 24 e 28 de janeiro, no Senai Santo Amaro, na região central do Recife. Pedro competiu com o paulista Matheus Patrick e com o gaúcho Gabriel Przygodzinski. Cinco provas foram disputadas, com atividades específicas da área de cabeamento estruturado, como montagem de fibras ópticas e instalação de cabeamentos para casas inteligentes.

Pernambuco poderá garantir mais vagas no WorldSkills, figurando nas seletivas nacionais de Desenho Mecânico em CAD (#05), Tecnologia Laboratorial Química (#52) e Tecnologia da Água (#55), que serão disputadas em outros estados, no mês de março. No mesmo mês, o Senai Santo Amaro receberá a seletiva da modalidade de Refrigeração e Ar-Condicionado (#38).

WorldSkills
Realizado desde 1950, o torneio WorldSkills é uma competição internacional de Educação Profissional. Maior da categoria, o evento é promovido pela Organização Internacional de Formação Profissionalizante (IVTO). A cada dois anos, jovens profissionais de até 22 anos de todo o mundo competem em diversas modalidades baseadas em profissões técnicas.

O Brasil participa da WorldSkills desde 1982, quando o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) se filiou à IVTO. Desde então, todas as edições seguintes do torneio contaram com participação brasileira.

Em 2015, quando a WorldSkills foi sediada em São Paulo, a delegação brasileira teve o melhor resultado de sua história, conquistando 27 medalhas e ficando com a segunda colocação geral no quadro de medalhas, perdendo apenas para a Coreia do Sul.

Nas últimas duas edições, o Brasil figurou entre os cinco melhores no quadro de medalhas, conquistando a quarta posição na edição de 2017, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, e a quinta posição em 2019, quando a competição foi disputada em Kazan, na Rússia.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000