Denúncia pedindo cassação do mandato do prefeito de Serrita é protocolada na Câmara de Vereadores

CâmaradeSerrita
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on google
Share on twitter

Uma denúncia protocolada na Câmara de Vereadores de Serrita, pedindo a cassação do mandato do prefeito, Aleudo Benedito, foi lida durante a Sessão Ordinária desta terça-feira, 13. As denunciantes, Lúcia de Fátima e Raíres Maiara, pedem o impeachment do gestor municipal, acusando-o de improbidade administrativa, por empregar recursos públicos em diversas obras que não foram concluídas dentro do prazo previsto. Para elas, Aleudo praticou infração administrativa.

O vice-presidente da Mesa Diretora, Fábio Belarmino, que estava presidindo a sessão na ausência de Doda Sampaio, não colocou a denúncia em votação, mesmo com protesto do vereador Saulo. Ele ainda negou um pedido deste mesmo vereador para a realização de uma sessão extraordinária, nessa quinta-feira, 15, visando à votação. A apreciação da denúncia foi adiada para 2023, após o recesso parlamentar.

Mesmo sem votação oficial, os vereadores Saulo, Chico de Nill, Júnior de Tadeu, Fernando Sampaio, Júnior de Bal e Ronildo Manoel já adiantaram que vão votar pelo recebimento da denúncia. Por outro lado, Belarmino e Filemon se posicionaram contra a denúncia. “No meu ver isso aí não passa de perseguição política ao atual prefeito”, disse este último.

Caso a denúncia seja acatada na próxima Sessão Ordinária, depois do recesso, a Câmara de Vereadores deve instaurar uma comissão para averiguar as possíveis irregularidades. Se for comprovado o cometimento de crime pelo prefeito, a casa legislativa pode cassar seu mandato por decreto.

TELEFONE

(87) 9667-7054

[email protected]

Av. Antônio Pedro da Silva, 917 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000